7 dicas para começar a investir da forma correta

7 dicas para começar a investir da forma correta
7 dicas para começar a investir da forma correta
O dinheiro, sem dúvidas, é algo especial na vida de todos nós e possuir uma reserva de emergência Além de estudar e descobrir quais são as melhores maneiras de investir esse capital.
Publicidade

É uma tarefa de muita importância para todos nós. Mesmo muitos não sabendo, é possível fazer com o que o dinheiro trabalhe para nós, e não o contrário.

Publicidade

Quando estamos falando sobre investimentos, estamos falando a maneira de fazer com que o dinheiro se torne um meio para… a obtenção de ainda mais dinheiro. Isto é, achar maneiras de fazer com que seu capital possa trabalhar para você.

Publicidade

Esta é a única maneira de fazer com que possamos receber por um trabalho 24 horas, 7 dias por semana e todos os dias do ano. O dinheiro, se investido da maneira correta, poderá proporcionar que nunca paremos de gerar renda, usufruindo do melhor que a vida tem para nos oferecer.

As pessoas que investem são capazes de possuir um retorno melhor de seu capital, conseguindo conquistar os objetivos que tanto almejam de forma mais fácil do que as demais. Infelizmente, investimentos, para muitos, pode ser visto como algo que não é fácil, afinal, para tudo na vida, é necessário bastante dedicação e foco.

Tenha calma, pois iremos te ajudar nesta caminhada. Abaixo, separamos abaixo as 7 dicas essenciais para as pessoas iniciantes que desejam investir sua renda da melhor maneira.

1 – Realize um planejamento

Como tudo em nossas vidas, investir exige um bom planejamento financeiro por parte da pessoa que está realizando os investimentos. Caso tenha o desejo de aplicar seu dinheiro da melhor maneira, é necessário, primeiro, organizar as finanças.

Planejamento financeiro pode ser encarado como o controle dos ganhos e das despesas que possuímos. É necessário projetar a receita, levando em consideração o custo que possuímos frequentemente.

É somente através do planejamento financeiro que será possível investir nossa renda da melhor maneira. Por isso, a grande dica é: antes de dar qualquer passo, planeje-se!

2 – Faça os pagamentos de suas dívidas

Após ter realizado o planejamento financeiro da maneira correta, o segundo passo, agora, é quitar as dívidas que possui. Iniciar qualquer tipo de investimento com dívidas pendentes poderá fazer com que ela acabe aumentando cada vez mais com o tempo.

Mesmo que o investimento que planeja possa ter uma boa rentabilidade, sem dúvidas, quando possuímos dívidas a pagar, acumular um possível novo patrimônio acaba se tornando uma tarefa difícil.

Tudo isso se deve pelo fato de que os juros podem ir crescendo e, aquele valor a ser pago inicialmente, acabar ficando cada vez maior conforme o tempo passa.

Visto isso, não se sinta receoso em adiar investimentos para conseguir antecipar o pagamento de uma dívida que possui. Realize o planejamento financeiro da forma correta e comece os investimentos sem que uma conta pendente acabe batendo em sua porta no meio do caminho.

3 – Tenha uma reserva de emergência

Investidores que se prezam precisam ter em mente que uma reserva de emergência é algo essencial em nossas vidas. Como sabemos, não é possível prever quando será necessário resgatar uma boa quantia de nosso dinheiro durante um momento de imprevistos.

Por conta disso, o conselho é deixar sempre reservado um valor que poderá ser usado em situações inesperadas de nossas vidas. Para esses casos, os investimentos em rendas físicas são sempre os mais indicados.

Tudo isso por conta da alta liquidez que esse investimento possui, podendo ser resgatado em um período rápido e sem problemas para fazer esta ação.

Um exemplo de investimento com alta liquidez que pode ser citado é a poupança, pois o acesso ao dinheiro pode ser realizado de forma imediata.

Em contrapartida, investimentos em um imóvel possuem baixa liquidez, ou seja, para recuperar o valor que foi investido poderá demorar meses ou anos.

4 – Comece a realizar investimentos

Pagando as dívidas, realizando o planejamento financeiro adequado e possuindo uma reserva de emergência que esteja de prontidão quando precisar, agora, é a hora do investidor iniciante começar os investimentos. Para que isso possa acontecer, é necessário ter em mente a quantia que poderá ser aplicada nos investimentos.

O conselho é estabelecer um valor mensal, reservando este dinheiro para seus investimentos. Caso possua renda variável, a dica é definir uma quantia proporcional aos ganhos mensais que possui.

Não deixe de separar o dinheiro que possui para realizar os investimentos e, sempre que puder, invista um pouco mais.

No início dos investimentos, o importante é traçar de forma clara os objetivos que possui, podendo ser eles de curto, médio ou longo prazo.

5 – Tenha conhecimento sobre o seu perfil de investidor

Antes de realizar os investimentos, é necessário definir qual perfil de investidor você possui. Há aquelas pessoas mais arrojadas para lidar com sua renda e, também, há aquelas pessoas mais conservadoras.

O perfil de investidor traz as atitudes e características da pessoa quando estamos falando de dinheiro. Esses questionamentos, geralmente, são aplicados quando entramos em um banco ou em uma corretora de valores.

Basicamente, o resultado poderá trazer três perfis de investidores, se distinguindo em pessoas mais conservadoras, moderadas e agressivas.

6 – Tenha conhecimento sobre os tipos de investimento

Aquelas pessoas que estão iniciando no mundo dos investimentos necessitam saber quais são os tipos de investimentos que estão disponíveis no mercado.

Como grande parte daqueles que estão iniciando, muitos desconhecem alguns pontos do mercado financeiro. O conselho é ir evoluindo com o tempo quando estamos falando de aplicação de renda.

Liquidez, rentabilidade e segurança são pontos que devem ser considerados neste caso. Por conta disso, o recomendado é começar pelos investimentos de renda fixa. Estes investimentos são conhecidos por reunir um pouco de cada característica citada.

7 – Diversifique os investimentos

Após seguir todos os passos citados, chegou a hora de diversificar sua carteira de investimentos.

O mais indicado, sem dúvidas, é não colocar seu dinheiro em apenas um único lugar. Quando aplicamos diversos investimentos, as chances de rentabilidade aumentam, com os riscos ficando menores.

Caso um ativo não tenha o resultado esperado em determinado período, outro investimento será capaz de recompensar as perdas, podendo, até mesmo, render mais.

Diversificar a carteira também nos dá a possibilidade de ter diferentes rentabilidades e prazos. Estes prazos poderão ser ajustado

Financiamento de imóveis 2021

Como começar a investir: 7 dicas para dar os primeiros passos

Publicidade

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here