Financiamento de imóvel, 7 Dicas para ser aprovado.

Publicidade

A casa própria é um dos principais objetivos da população brasileira, por isso vale a pena fazer um financiamento de imóvel. No entanto, uma vez que desejos e necessidades nem sempre são acompanhados de dinheiro suficiente para serem executados. A maioria das pessoas acabará adiando conquistas ou apenas as manterá no reino dos sonhos não realizados. Mais importante ainda, mesmo que você não possa comprar à vista, pode realizar seus desejos por meio do financiamento de imóvel. Confira 7 dicas neste artigo que o ajudarão a obter o financiamento de imóvel mais ideal!

Publicidade

Financiamento de imóvel

1 – Renda

Publicidade

Para que um financiamento seja aprovada. O primeiro passo que você deve dar é saber exatamente sua renda pessoal ou total familiar. É importante deixar claro esse preço, pois você pode determinar a faixa de preço do apartamento que pode comprar. Observe que a soma dos recursos pode provir da renda de uma pessoa ou cobrir a renda de vários membros do grupo familiar. Em ambos os casos, o valor certificado será usado como base de cálculo para que as instituições financeiras avaliem sua capacidade de pagamento ao analisar suas necessidades de financiamento.

2 – Orçamento

Para ver se suas finanças estão saudáveis, verifique seu orçamento. Nesse sentido, considere os seus ganhos mensal. Some todas as despesas do mês e, a seguir, deduza da sua receita. Idealmente, você deve encontrar um saldo positivo que seja suficiente para cobrir as necessidades de financiamento. Se o saldo for zero, ou você perceber a existência de dívidas, é necessário tomar providências para mudar o contexto. Antes que a situação possa ser revertida, pode ser necessário cortar custos.

3 – Compromissos financeiros

É importante quitar dívidas em curso, como parcelamento de dívidas de cartão de crédito. Depois de fazer esses pagamentos, concentre-se em não contrair novas dívidas mensais. Uma boa maneira de atingir esse objetivo é planejar compras de menor valor. Evitar compras por impulso. E não dividir as contas da casa e do supermercado no cartão é uma medida útil para escapar da famosa “bola de neve” da vida financeira.

4 – Simulação

O financiamento simulado é uma forma prática de você entender a forma de parcelamento mais adequada ao seu orçamento. Um bom banco permite simular via Internet sem nenhum compromisso. O simulador Minha casa da caixa pode até informar o valor do subsídio que pretende adquirir. Antes de passar para a próxima etapa e realizar seu sonho, entender esse aspecto da aquisição pode ser exatamente o que você precisa. Ao coletar informações sobre o valor da entrada e benefícios, bem como informações sobre os subsídios governamentais do Minha Casa Minha Vida, você terá plena capacidade de escolher o financiamento mais adequado para você.

5 – Financiamento de imóvel

No Brasil, existem várias formas de crédito imobiliário, para que muitas pessoas possam ter uma casa. Portanto, você deve avaliar o banco mais adequado. Por exemplo, com o financiamento direto de uma boa instituição financeira, a compra do imóvel torna-se muito mais fácil. Se o imóvel ainda estiver em construção, fica ainda mais fácil, o que permite que a transação seja concluída sem grandes e complicados procedimentos e pequenos Pagamento inicial. Outro exemplo de crédito fácil é o programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. Para ele, mesmo pessoas com muito poucas rendas conseguiram obter financiamento imobiliário. Além disso, o governo pode pagar parte do imóvel, o que facilita as negociações.

6 – entrada

Na compra de um imóvel através do financiamento de imóvel, é fundamental poder contar com o valor da entrada. Sem esse valor, a aquisição seria impossível, pois uma determinada porcentagem do valor total do imóvel deve ser paga no momento da assinatura do contrato de hipoteca. O número varia, mas geralmente deve ter pelo menos 10% do valor do atributo como entrada. Conforme a particularidade de cada transação, o valor pode ser maior. A boa notícia é que as entradas podem ser divididas. Essa condição diferencial tende a ser obtida por meio de financiamentos diretamente com as construtoras. Isso porque as melhores empresas do setor tendem a adaptar o processo de pagamento ao bolso do comprador. Dependendo da situação, a primeira parcela do imóvel pode ser parcelada em até 72 vezes, o que facilita o pagamento.

7 – documentação

Para financiar uma propriedade, você precisa de uma série de documentos e evidências. Estes são certificados e registros usados ​​para provar a identidade do IRS do comprador, estado civil e regularidade. É necessário também comprovar a renda que constitui a renda pessoal e / ou familiar, pois ela será avaliada na análise de capacidade de pagamento. Embora não contenha documentos de difícil acesso, pode levar algum tempo para ser concluído.

Portanto, uma vez que você decida começar a comprar seu próprio imóvel, comece a coletar os documentos originais que possam comprovar seu estado civil e renda total. Na maioria dos casos, são necessários documentos originais, portanto, se alguns deles estiverem faltando, forneça-os o mais rápido possível. Desta forma, evita o risco de atrasos no financiamento durante a fase de documentação. Agora você já sabe como obter um financiamento de imóvel e está mais perto de realizar seu sonho de adquirir uma casa própria.

Veja AQUI como fazer uma simulação de financiamento

Veja AQUI mais artigos de financiamento

 

Publicidade

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here